Casamentos pós-pandemia: o que irá mudar?
/
/
Casamentos pós-pandemia: o que irá mudar?

O ano mudou, mas o assunto continua o mesmo. Quem diria que em 2022 nós ainda estaríamos falando sobre pandemia, não é? 

A realidade é que teremos que continuar com as medidas de segurança por um bom tempo mesmo após o fim da pandemia, inclusive no planejamento do seu casamento.

Afinal, o que irá mudar?

Algumas medidas de segurança serão indicadas pela OMS e exigidas dependendo do local em que você irá realizar o seu casamento, mesmo quando a pandemia chegar ao fim. A seguir, separamos as principais dicas que serão essenciais para realizar um evento pós-pandemia, para que tudo ocorra da forma mais tranquila.

  1. Informe-se sobre a legislação vigente para casamentos .

As regras mudam a todo momento. Por isso, é essencial se atualizar sempre e acompanhar diariamente se novas leis entraram em vigor. Os melhores lugares para consultar essas informações são nos canais de comunicação da prefeitura onde o casamento será sediado.

Caso ainda restem dúvidas, nunca é demais entrar em contato por telefone e esclarecer todos os pontos de forma mais direta. Afinal, ninguém quer ser interrompido no meio do casamento por um fiscal, certo?

  1. Estejam abertos a adaptações e modificações em seu evento

Nós sabemos: para os casais que planejavam se casar desde 2019, esse período tem sido especialmente desafiante. Muitos foram os noivos que já remarcaram as datas mais de uma vez. É hora de colocar a resiliência à prova. Aqui vão algumas dicas:

  • Escolham fazer o casamento em algum lugar aberto, como na praia ou em um jardim. Casamentos assim tem menor chance de serem cancelados do que aqueles feitos em lugares fechados;
  • Se a lista de convidados exceder o máximo permitido, divida a festa em eventos menores. Uma grande tendência desse período são os mini weddings, sequel weddings e os elopement weddings;
  • Dedique-se à renegociação de contratos, quando necessário. Os fornecedores também estão atrás de resolver as questões do casamento da melhor maneira possível.
  1. Planejem-se com antecedência

Desde 2019, muitos casais tiveram que adiar seus casamentos. Por isso, quando a pandemia chegar ao fim, provavelmente veremos demandas dos anos anteriores concentradas em um mesmo período. 

O segredo aqui é tentar resolver todas as pendências o quanto antes.

  • Aluguel dos trajes: não deixem para última hora! O foco costuma ser maior no vestido de noiva, mas também é importante lembrar do terno do noivo, padrinhos e convidados. Caso vocês queiram tudo combinando, o ideal é fazer uma locação conjunta. Para isso, a melhor opção é contar com a Black Tie, uma empresa com mais de 40 anos de experiência no setor de moda social masculina. Não deixem de conferir as opções disponíveis no site e agendarem uma prova.
  • Reserva de serviços: se querem contar com o melhor cabeleireiro, maquiador, barbeiro, dentre outros no dia do seu casamento, então corram para garantir a data na agenda desses profissionais. Ao que tudo indica, os melhores prestadores de serviços terão horários bem disputados devido à retomada dos eventos.
  1. Priorizem a segurança de suas famílias e convidados

O casamento é um momento de comemoração e todos os envolvidos devem se sentir seguros. 

Além do distanciamento, da diminuição do número de convidados, dentre outras restrições, algumas tendências parecem ter vindo para ficar. Uma delas é o chamado “kit saúde”, uma cortesia oferecida pelos noivos com um teste de PCR e álcool em gel. 

Além disso, são vários os casamentos que estão distribuindo máscaras personalizadas aos seus convidados – lembrando que o ideal é trocá-las de 3 em 3 horas.

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Shopping Cart

Nenhum produto no carrinho.